Flavio Cruz

Duas histórias que se cruzam

A primeira história é simples e curta. É sobre Ronald Benjamin, um funcionário de um condomínio em St. Petersburg, na Flórida. No dia dois de abril, quando inspecionava a frente do condomínio, notou que haviam deixado um manequim de mulher bem ali perto da parede do prédio. Espalharam até um líquido vermelho para imitar sangue. Essa rapaziada não tem jeito mesmo, pensou. O dia anterior tinha sido Primeiro de Abril e eles resolveram fazer essa brincadeira de mau gosto. Era sua obrigação deixar tudo em ordem, limpinho. Bem naquela hora, estava passando o rapaz que entrega o jornal da cidade. Pediu ajuda e os dois levaram o manequim até o container de lixo. Com tanta coisa para fazer e ainda precisou se preocupar com essas coisas.
A outra história é sobre uma senhora muito simpática, de 96 anos, Nancy Yates. Ela tinha muitas coisas para contar. Nascida na Grã-Bretanha no ano de 1917, serviu nas forças armadas daquele país durante a Segunda Guerra Mundial. Dizia que tinha conhecido o Winston Churchill, em pessoa. Nos anos 70, mudou-se para a Flórida e tornou-se cidadã americana. Provavelmente quis aproveitar o clima gostoso do estado. Simpática, conhecida por todos, gostava muito de falar, participar, organizar. Montou até uma pequena biblioteca para os residentes do prédio onde morava. Era incrível o que a velha senhora fazia aos 96 anos. Nos últimos meses, entretanto, segundo outros moradores, ela foi ficando mais e mais silenciosa e estranha. Um dia até se esqueceu de fechar a torneira da pia da cozinha, deixando a água correr até o apartamento abaixo dela. Ela ficou devastada com aquilo. Comentou com um amigo do prédio que tinha medo que a expulsassem dali. Ele retrucou que jamais alguém faria uma coisa dessas.
O fato é que no dia primeiro de abril, ela colocou um pequeno banco junto à janela de seu apartamento e se atirou do décimo-sexto andar. Deixou um bilhetinho lamentando o trabalho que iria dar com seu suicídio e mencionando o fato de que tinha deixado vazar água em outro apartamento. Sempre elegante, a doce mulher.
E é aí que as duas histórias se cruzam: o Benjamin e a Nancy eram do mesmo prédio. E o manequim era nada mais, nada menos, que o corpo da distinta senhora. Parece incrível, mas aconteceu. O Benjamin não percebeu que o “manequim” era um corpo de verdade. Na Flórida essas coisas acontecem.

 

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Flavio Cruz.
Published on e-Stories.org on 26.04.2015.

 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Previous title

Does this Poem/Story violate the law or the e-Stories.org submission rules?
Please let us know!

Author: Changes could be made in our members-area!

More from category"Cotidiano" (Short Stories)

Other works from Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:

Firma reconhecida para entrar no céu - Flavio Cruz (Humor)
Pushing It - William Vaudrain (Geral)